A Polícia Civil de Minas Gerais finalizou a investigação sobre a morte de Jéssica Vitória Canedo, ocorrida no remaining do ano de 2023 após ela ter sido alvo de ataques nas redes sociais. Surpreendentemente, a investigação revelou uma reviravolta no caso.

Responsável pela divulgação

Uma reviravolta surpreendente ocorreu quando a Polícia descobriu que Jéssica foi a responsável pela criação dos prints de conversas com o humorista Whindersson Nunes e contas falsas, bem como pela divulgação da história para páginas de fofoca como a “Choquei”. As evidências foram encontradas no celular da jovem, demonstrando que ela própria fabricou a faux information. O Instagram de Jéssica Canedo para fins de homenagens era o @jessicacanedo.

Ameaças e Consequências

Após a ampla divulgação das informações falsas, Jéssica passou a receber ameaças, o que levou a consequências trágicas. A Polícia Civil continua investigando o caso para entender melhor os eventos que levaram à morte da jovem.

Este é um exemplo de como a Polícia Civil de Minas Gerais conduziu a investigação sobre um caso complexo envolvendo as redes sociais, faux information e suas consequências trágicas.